sex., 19 de mar. | Ferramenta ZOOM Meeting

SOLOS na Rede

No mês de março, o Solos Coletivo de Dança Contemporânea convida a cada sexta-feira artistas diferentes para compartilharem suas criações nessa rede. No dia 19 de março, teremos Osvaldo Rosa e Pedro Paulo com TRILOGIA PANDÊMICA e Elísio Pitta com OLOKUN
O registro está fechado
SOLOS na Rede

Horário e local

19 de mar. 19:56 – 23:56 BRT
Ferramenta ZOOM Meeting

Sobre o evento

No mês de março, o Solos Coletivo de Dança Contemporânea segue convidando artistas, criadores da arte para compartilharem suas criações enriquecendo essa rede de afetos e trocas. A cada sexta-feira teremos convidados diferentes. 

No dia 19 de março, teremos Osvaldo Rosa e Pedro Paulo com "Trilogia Pandêmica" e Elísio Pitta com "Olokun"

Sextas-feiras, 5,12, 19 e 26 de março de 2021, às 20:00 BRZ

Ingressos - R$20,00

Todas as performances são seguidas de um bate-papo com os artistas.

SOLOS COLETIVO DE DANÇA NEGRA CONTEMPORÂNEA (SCDNC)

É um projeto que tem suas fundamentações em uma visão do mundo contemporâneo diaspórico, onde busca afirmação e caminhos para desenvolver diálogos, acolher, inspirar e criar obras artísticas advindas desse universo, ao tempo em que catalisa profissionais de outras linguagens artísticas com o propósito de celebrar a dança.

TRILOGIA PANDÊMICA por Osvaldo Rosa e Pedro Paulo

Três décadas de separação de dois irmãos, um vivendo na Europa/ EUA e outro em Salvador/BA/BR. Desde o início da pandemia decidiram pelo amparo mútuo. Aqui, nessa obra resolvem unir três momentos realização desse encontro virtual e da edição vídeo coreográfica que foi possível dançarem juntos, como faziam no século passado.

ResPirAr é o primeiro, sentíamos necessidade de respirar, oxigenar, pirar, encher o corpo de ar para criar, movimentar e gerar caminhos.

Desejo - o tema aqui é identificar nossos desejos, todos eles indiscriminadamente

No meio, Daqui, Agora - a constatação de o que se tem, aqui, agora e fazer, ser e seguir, tudo isso em meio da pandemia e a história continua, vimos que é possível.

FICHA TÉCNICA:

Artistas Criadores: Pedro Rosa e Osvaldo Rosa

Direção de Produção e Administrativa: Saulo Barreto

Edição de Vídeo Coreográfica: Osvaldo Rosa

Realização: FOCO Usina de Artes Cênicas

OLOKUN por Elísio Pitta

Em todo o mundo habitado, em todos os tempos e em todas as circunstâncias, os mitos do homem floresceram; e eles têm sido a inspiração viva de qualquer outra coisa que possa ter aparecido através das atividades do corpo humano e da mente. Não seria demais dizer que o mito é a abertura secreta através da qual as energias inesgotáveis do cosmos derramam-se nas manifestações culturais humanas. Religiões, filosofias, artes e as formas sociais do homem primitivo e histórico, as principais descobertas em ciência e tecnologia, e os próprios sonhos que afloram do círculo básico e mágico do mito.

Olokun , é um espetáculo de Dança Negra Contemporânea/Teatro Físico que se utilizará de elementos da simbologia da dança dos Orixás, da dança moderna, do teatro, e de outros elementos da ancestralidade africana. O espetáculo irá unir linguagens artísticas: - dança, vídeo, projeções, cenários e imagens para compor a ambientação e dar um sentido realístico a sentimentos antagônicos que se exprimem nos seres humanos. Nesse episódio narramos a ocasião da visita feita por um ser mitológico à sua contraparte. Olokun em algumas locais em África é Yemanjá, no Benin a sua representação é masculina já na Nigéria é feminina. No Brasil e nas regiões da diáspora ela habita as águas azuis dos oceanos, em África dizem ser os seus domínios as águas escuras profundas – abissais.

O cenário é composto por um elemento que simboliza as crateras do mar, ao tempo que se transforma em uma vestimenta, uma grande saia de algas para adornar o corpo de Olokun. As folhas para a realização do ritual de preparação e purificação durante a transformação dele(a) nele(a) mesmo. E a projeção de um fundo de mar, predominante da habitação de Olokun.

FICHA TÉCNICA:

Criador/intérprete: Elisio Pitta

Direção Artística: Gatto Larsen

Cenário e Figurino: Alberto Pitta

Iluminação: Rivaldo

Direção Musical: Ivaldino Junior

Espaço de Transmissão: Sala Cênica da MatA

A E-Fórum Artes e Ideias está viabilizando o Experi-Curatorial Lab aqui no Brasil em parceria com a WoodShed Dance Platform (EUA).

Ingressos
Preço
Qtd
Total
  • SOLOS na Rede
    R$20
    + taxa de serviço de R$0.50
    R$20
    + taxa de serviço de R$0.50
    0
    R$0
TotalR$0

Compartilhe este evento